Técnica Mista: FUE e FUT em uma única sessão

Ao unir as duas técnicas, o cirurgião consegue um maior número de folículos capilares, dessa forma o resultado proporciona mais densidade e volume. A junção das técnicas FUT e FUE também beneficia os pacientes que possuem calvície alargada. Contudo, para que essa união seja possível, o médico precisa de um centro cirúrgico equipado, aparelhos modernos e uma equipe treinada.

Faça sua avaliação Online

Dados pessoais
Dados da Avaliação
Finalização
Comece preenchendo seus dados:
Preferência de atendimento
Já foi submetido a cirurgia de transplante capilar?
Já fez ou ainda faz tratamento para a queda de cabelo?
Faz uso de algum medicamento para a queda de cabelo?
Como descreveria o seu cabelo:
Tem histórico de calvície na família?

Anexe as fotos para avaliação (Veja modelo abaixo):

ORIENTAÇÕES PARA AS FOTOS:
Se não operado
Fotos: frente, lateral, posterior e superior do couro cabeludo (queixo encostado no peito).

Se já operado
Enviar todas as fotos conforme modelo acima ( a foto da área doadora deve aparecer a cicatriz).

- Aguarde o carregamento de todas as fotos para concluir.
- Formato JPG e que tenham no máximo 2 megas.
Carregando fotos, aguarde.

    Conheça a técnica FUE

    FUE (Follicular Unit Extraction) Extração de Unidades Foliculares.
    • Sem cicatriz linear.
    • Minimamente invasivo.
    • Ideal para todas as idades.
    • Retorno às atividades normais no dia seguinte.
    • Sem cortes.
    • Não há necessidade de Internação.
    • Possibilidade de extrair folículos de outras partes do corpo, barba ou tórax.
    • Recuperação pós-operatória mais rápida comparada a outros métodos.

    O Procedimento

    O procedimento consiste em transplantar um a um os folículos, de 1 a 4 fios, da área doadora para a área calva, de forma não-invasiva e sem cicatrizes, proporcionando resultados naturais e imperceptíveis.

    Tecnologia de Ponta Equipamentos avançados de extração folicular cirúrgica

    Os orifícios feitos para a remoção dos fios são extremamente pequenos, com 0.8 a 0.9mm de diâmetro. Quando os orifícios cicatrizam, serão minimamente perceptíveis dentro de poucos dias.

    Dr. Carlos Calixto

    CRM-GO 5954 e CRM-DF 12968 - Cirurgião Plástico
    Membro titular da Sociedade Brasileira e Internacional de Cirurgia Plástica.

    Membro Titular da Sociedade Brasileira e Internacional de Cirurgia da Restauração Capilar

    Mestre pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo).

    Presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - Regional Goiás Biênio - 2005/2007 e 2010/2011.

    Membro titular da Federação Íbero-Latino Americana de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva.

    Pós-graduado em Cirurgia Plástica na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, sob a supervisão do professor Ivo Pitanguy.

    Autor de mais de vinte trabalhos publicados no Brasil e no exterior - sendo doze em co-autoria com o professor Ivo Pitanguy, além de palestras em nível nacional e internacional.

    Especialista em Cirurgia Plástica conferido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

    Ex - professor da disciplina de Cirurgia Plástica da UFG-GO.

    Treinamento Dr. Calixto - FUE na Turquia

    Dr. John Peter Cole, MD, (EUA) e Dr. Özgür Öztan (Ancara, Turquia). Ambos são conceituados cirurgiões de cabelo e interessados em elevados padrões de qualidade.

    Hospital Unique

    Av. T3, n. 2.199, Setor Bueno | Cep. 74.210 - 245 Goiânia - GO. Brasil
    (62) 3281-1888 | (62) 99637-1888

    Centro Clínico Via Brasil

    SEPS 710/910, Conjunto C/D - Cep. 70390-108 - Asa Sul, Brasília - DF. Brasil
    (61) 3711-4455 | (61) 3442-8217